Alterar foto de capa
Alterar foto de capa
Registrar um nascimento é celebrar o poder do feminino. É privilégio, em poder sentir a energia de quem quer deixar vir e de quem quer chegar.
Este status da conta do usuário é Approved

This user has not added any information to their profile yet.

Ribeirão Preto
SP
Fotografia e Vídeo
Parto domiciliar, Parto hospitalar
Gestação, Nascimento, Festa de aniversário, Família
Sim
Logo empresa
Alessandra Santana Fotografia

Workshop Fotografia de Parto, Carla Raiter, presencial, 2013. Workshop Fotografia de Parto, Além D´Olhar, presencial, 2014.

Fale com Alessandra


Sobre Alessandra Santana

Meu nascimento como fotógrafa foi num parto domiciliar. Experiência anterior? Não tinha. Naquele momento, descobri que a fotografia documental, do real acontecendo, do feminino florescendo, me preenchia. Desde então (2013), foram 16 nascimentos registrados: 6 partos hospitalares, 4 cesáreas intraparto e 6 partos domiciliares.
Ampliei minha experiência em fotografia, mas para registrar parto era preciso mais. Era preciso entender a fisiologia do parto, era preciso respeitar o processo de transformação de cada mulher e acreditar na singularidade de cada uma delas. Observar a atuação atenciosa dos profissionais durante o parto, me fez buscar estar em sintonia com eles. Sendo também mãe, passei 2 vezes por esse processo e tive assistências completamente diferentes. Por isso, sei bem o valor desses facilitadores para o empoderamento da mulher e para a vivência plena de seus próprios partos.
Fiz curso de doula e pude perceber a complexidade do universo feminino. O parto é um divisor, literalmente e metaforicamente. Tentar registrar esse processo tem sido um desafio delicioso.